Idioma:

32948007_2101544050116315_7469984421748146176_n

Bonde a Pé no VII Encontro Tecnológico da Fatec Tatuapé

Dia 27/05 o Instituto Corrida Amiga levou a “Oficina Bonde a Pé” para o VII Encontro Tecnológico da Fatec Tatuapé.  Na primeira parte da  Oficina foram abordados conceitos teóricos sobre a mobilidade urbana, com foco nos aspectos da rede de mobilidade a pé, normas regulamentadoras relacionadas ao tema e os (escassos) espaços dedicados ao pedestre na cidade em detrimento da demanda, tendo em vista que todas as pessoas em algum momento do dia são pedestres. Ainda, foi apresentado o projeto Como Anda, desenvolvido pelas organizações Corrida Amiga e Cidade Ativa. O projeto tem o objetivo de mapear organizações que atuam em mobilidade a pé  e compreender este cenário no Brasil.

Na segunda parte, caminhamos com alunas e alunos do curso de transporte terrestre pelo entorno da faculdade, despertando o olhar para a rede de mobilidade a pé e importância de termos cidades acessíveis e caminháveis para todas as pessoas.

Para contemplar diversidade de paisagens e aspectos da mobilidade urbana, o trajeto se iniciou da Fatec, passou pelo parque do Tatuapé, retornando à faculdade pela estação Carrão.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Silvia Stuchi Cruz, pessoas em pé, pessoas andando e atividades ao ar livre

De acordo com nossos cálculos, os 33 participantes do Bonde a Pé deram cerca de 148.000 passos, gastando 5.100 kcalorias , economizando uma média de R$ 267,00 em comparação com o táxi. O que representou 23 carros a menos no trânsito de SP, com uma redução na emissão de 20kg de CO2.

88.000 (2)

Fonte base para cálculos: https://www.blitzresults.com/pt-br/passos/
http://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/carona-vira-opcao-a-transito-caotico/
http://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/carona-vira-opcao-a-transito-caotico/
http://esalqlastrop.com.br/capa.asp?pi=calculadora_emissoes

Segundo a profa Flávia Ulian,

“a oficina levantou a discussão sobre a importância do transporte a pé e valorização do pedestre. Na caminhada, realizada em ruas na região da faculdade, estimulou-se uma visão crítica sobre a experiência do caminhar como meio de transporte sustentável, e a observação de fatores como temperatura, ruído, vegetação, sinalização, conservação das calçadas, tipos de piso utilizados, dimensões da calçada, obstáculos e acessibilidade, além de estimular a percepção sobre a cidade”.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas andando, pessoas em pé, céu, árvore e atividades ao ar livre

Agradecemos muito o convite profa Flávia e Fatec! Até as próximas!!!

Deseja levar a oficina para sua universidade? Escreva pra gente no contato@corridaamiga.org

 

camiga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *