Idioma:

calcada cilada 2017

Campanha Calçada Cilada 2017

Campanha Calçada Cilada 2017: Vem aí….

Cidade Acessível, ninguém invisível

As calçadas são o nosso primeiro contato com o espaço público, são as vias por onde caminhamos e acessamos quaisquer serviços na cidade. Em algum momento do dia, todos somos pedestres e acessaremos as calçadas. Portanto, calçadas sem ciladas são a garantia inicial do acesso à cidade perpassando a garantia de direito à cidade.

Dia 03 de Abril, começa a Campanha Calçada Cilada, idealizada pelo Instituto Corrida Amiga, com o apoio de organizações parceiras. A Campanha ocorrerá durante todo o mês de abril, com o objetivo central de engajar a população em favor de cidades caminháveis e acessíveis fiscalizando as calçadas  por meio do aplicativo Colab. A prioridade será dada ao mapeamento de passeios com grande fluxo de pedestres, próximo a escolas e hospitais.

Histórico da Campanha:

  • 2014 – O processo começou com 14 imagens de pessoas fazendo careta numa cilada em calçadas e postando nas redes sociais 😉
  • 2015 – A convite de um app, passamos a reportar as más condições dos pavimentos utilizando o aplicativo e a plataforma online. Nesta ocasião, foram mapeadas cerca de 300 ocorrências em 41 municípios de 16 estados da federação;
  • 2016 – mais de duas mil ocorrências em cerca de 80 municípios de 17 Estados contando com o apoio e participação de cerca de 40 organizações parceiras ajudando na divulgação da Campanha e mais de 300 matérias na imprensa divulgando a Calçada Cilada.

 

Atividades e objetivos:

    • Mobilizar pessoas e cidades em todo Brasil, colocando em pauta a questão da qualidade das calçadas e seu impacto na saúde, segurança e mobilidade de seus cidadãos;
    • Obter considerável levantamento de dados sobre as condições das calçadas e os resultados pós “mapeamento”;
    • Exigir dos entes públicos e privados acessibilidade universal considerada na Lei Brasileira de Inclusão (LBI), nº 13.146/2015;
    • Eventos de mobilização em todas as regiões do Brasil ao longo do mês de abril mobilizando levando a campanha às ruas. Siga a Corrida Amiga no facebook ou pelo no site corridaamiga.org (Calendário) e ACOMPANHE!

 

Como participar?

  • Baixe o aplicativo Colab disponível gratuitamente para as plataformas Android e iOS e, no próprio aplicativo, cadastre-se;
  • Vá em mais (+) -> fiscalize um problema;
  • Selecione a categoria Pedestres e Ciclistas e a subcategoria correspondente, por ex. Calçada Irregular;
  • Tire a foto da calçada cilada;
  • Descreva o problema dessa calçada – MUITO importante – não se esqueça de colocar na descrição a hashtag #cilada; confira o endereço da fiscalização e pronto, só apertar publicar agora. A cidade agradece

“Os comentários mais recorrentes dos mapeamentos referem-se a calçadas estreitas, esburacadas, irregulares, com degraus e obstruídas (por comerciantes, resíduos, entulhos, carros etc.). Isso, quando há calçadas, pois em muitos locais esse espaço é inexistente”, diz Silvia Stuchi, da ONG Corrida Amiga.

“É hashtag #cilada em todo o Brasil. A campanha tem grandes virtudes, por um lado é uma verdadeira pedagogia cidadã uma vez que participando todos nós reconhecemos a importância vital de nossas calçadas, de termos uma cidade verdadeiramente acessível e caminhável. Por outro lado, lança luz a um problema tão crítico nas cidades brasileiras e, a partir disso, esperamos que agentes públicos e privados se mobilizem a superar as calçadas ciladas.”, pondera Andrew Oliveira da ONG Corrida Amiga.

 

A #CalçadaCilada  conta com a parceria das organizações: ANTP, Bike Anjo, Brasília para Pessoas, Mobilize Brasil, Pé de Igualdade, UCB e Colab. 


Quer ser um apoiador/a? Quer promover uma ação em sua cidade e reivindicar uma cidade mais acessível e caminhável? Entre em contato conosco.

 

Início da Campanha: 03 de Abril de 2017

Fim da Campanha: 30 de Abril de 2017

Local: Brasil

 

Mais informações:

Corrida Amiga – promovendo o transporte a pé

Facebook

Instagram

E-mail: contato@corridaamiga.org / site: corridaamiga.org

camiga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *